fbpx

PGR/GRO – Você precisa saber disso.

Que toda empresa vai precisar elaborar o programa de gerenciamento de risco e/ou o GRO isso é um fato, mas você sabe como isso será feito? Sabe quem são os profissionais competentes para elaborar? Como será o tratamento para MEI’s e pequenas empresas?

Se você acha que só porque você é MEI não vai precisar fazer o GRO de sua empresa, está redondamente enganado, mas não se preocupe, o ministério da economia já apresentou recentemente a solução para os microempreendedores individuais com o lançamento das FICHAS MEI. Trata-se de lista exemplificativa, devendo cada profissional avaliar riscos adicionais e/ou relacionados à sua situação específica. No caso de trabalho em estabelecimentos de terceiros, a contratante deverá fornecer as informações sobre os riscos que possam afetar o MEI e incluí-lo nas suas ações de prevenção.

No caso das empresas obrigadas a elaborar o PGR, essas devem começar a se preparar o quanto antes, pois o prazo de vigência do PPRA está chegando ao fim e você precisará atender a nova NR 01. Mas não se assuste, diferente das falas de muitos vendedores de cursos por ai, você não vai precisar “inventar a roda” para atender as novas regras, muito pelo contrário, se sua empresa já fazia gestão de SST antes, vai poder aproveitar as ações anteriores para complementar seu PGR, pois quando falamos de gestão de segurança no trabalho, estamos falando de gerir os riscos, e esse gerenciamento se dá por meio de investimento na criação da cultura prevencionista, inovações tecnológicas, padronização do trabalho, instalação de EPC’s e se for o caso, fornecimento de EPI. Tudo o que foi dito, na certa já fazia parte de sua rotina antes, a diferença é que você agora vai precisar consolidar essas informações, seja por meio de uma tabela dinâmica simples ou um programa de gestão de SST de sua preferência.

Agora falando em competência para elaborar o PGR, posso dizer que isso é relativo, se o programa for mais orientativo (como deve ser) qualquer profissional com conhecimento de fato em SST poderia elaborar (Técnico em segurança ou engenheiro), mas se você é do tipo que prefere um documento mais robusto cheio de anexos (encher linguiça) ai pode complicar um pouco, pois, um laudo ergonômico, diagramas unifilares (não sei para que inserir isso no PGR, mas tem doido para tudo) entre outros, pode acabar obrigando a empresa a contratar um profissional ou grupo de profissionais para elabora este programa. A proposta inicial do governo era simplificar, mas as pessoas só têm complicado, mas isso é só brigas de interesses.

Concluindo, você pode aprender a fazer o gerenciamento de risco de sua empresa com um treinamento simples e direto como o nosso, ou pode cair na lábia dos gurus de plantão. Mas isso fica a seu critério, de qualquer forma, estamos aqui para te ajudar da forma que for possível.

ga

Rolar para cima